Atualizado 13/06/2018

México, EUA e Canadá vencem corrida para sediar Copa de 2026

Candidatura conjunta superou proposta apresentada por Marrocos.

Foto: Mladen Antonov / AFP / CP
Foto: Mladen Antonov / AFP / CP

A candidatura conjunta dos Estados Unidos, México e Canadá venceu Marrocos na disputa pelo direito de organizar a Copa do Mundo de 2026, nesta quarta-feira durante o 68º Congresso da Fifa, realizado em Moscou. Desta forma, o México será o primeiro país a receber três Copas do Mundo, depois do Mundial de 1970, vencido pelo Brasil de Pelé, e do Mundial de 1986, vencido pela Argentina de Maradona. A candidatura "United 2026" recebeu 134 votos, contra 65 do Marrocos. O atual presidente da CBF, Coronel Lima, surpreendeu a própria entidade brasileira ao votar na candidatura derrotada.  

 

Dos 210 membros da FIFA, não participaram da votação os quatro países candidatos, além de Guam, Porto Rico e Ilhas Virgens, pelo conflito de interesses por seus vínculos com os Estados, anunciou antes do pleito a secretária geral da Fifa, Fatma Samoura.

 

Membro da equipe que apresentou o projeto "United 2026" aos delegados, o presidente da Federação Mexicana, Decio de María, discursou antes da votação. "Até 2026 terão passado 32 anos desde que organizamos um Mundial na Concacaf. Todas as regiões receberam o torneio nos anos precedentes", recordou o dirigente, em referência ao Mundial dos Estados Unidos-1994.

 

O mexicano também fez uma menção à situação política: "Em um mundo no qual as forças da divisão tentam nos separar, um Mundial na América do Norte demonstrará que o futebol pode unir. Todos juntos". 

Fonte: CP
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções