Atualizado 23/10/2017

Produtores pedem revisão de políticas de importação com Uruguai e Paraguai

Documento solicita consulta investigativa sobre leite e arroz.

Foto: Alina Souza / CP Memória
Foto: Alina Souza / CP Memória

Representantes dos produtores de leite dos três estados do Sul e da Federarroz protocolaram nessa terça-feira, no Itamaraty, reclamação à seção nacional do Mercosul, pedindo revisão das políticas de importação de leite e arroz do Uruguai e do Paraguai. O documento solicita consulta investigativa ao Uruguai, sobre custos de produção de leite e arroz, e ao Paraguai, somente sobre os custos de produção de arroz.

 

Além disso, pede a exclusão do leite e derivados da cesta do Mercosul ou a imposição de cotas de importação ao Uruguai, no limite de 3 mil toneladas de leite em pó, queijo e soro. E, ainda, a ampliação da Tarifa Externa Comum do Mercosul para os demais lácteos.

 

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Carlos Joel da Silva, sustenta que os produtores brasileiros precisam saber se estão em igualdade de condições com os do Mercosul. “Será que a política de livre comércio está sendo justa?”, questiona.

 

O diretor jurídico da Federarroz, Anderson Belolli, explica que as atuais práticas de livre comércio têm sido prejudiciais ao leite e ao arroz. “As duas cadeias têm problemas semelhantes, como a depreciação de preços frente ao produto importado”, afirma. Belolli informou que a resposta pode demorar 60 dias.

Fonte: CP
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções